Evangelho

(37) 3242-3641


pe guilherme machado

Comentário ao Evangelho do 30o Domingo Comum 24/10/2021 (Mc 10,46-52)

feito por Padre Guilherme* 

 

Naquele tempo, 46Jesus saiu de Jericó, junto com seus discípulos e uma grande multidão. O filho de Timeu, Bartimeu, cego e mendigo, estava sentado à beira do caminho. 47Quando ouviu dizer que Jesus, o Nazareno, estava passando, começou a gritar: “Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!” 48Muitos o repreendiam para que se calasse. Mas ele gritava mais ainda: “Filho de Davi, tem piedade de mim!” 49Então Jesus parou e disse: “Chamai-o”. Eles o chamaram e disseram: “Coragem, levanta-te, Jesus te chama!” 50O cego jogou o manto, deu um pulo e foi até Jesus. 51Então Jesus lhe perguntou: “O que queres que eu te faça?” O cego respondeu: “Mestre, que eu veja!” 52Jesus disse: “Vai, a tua fé te curou”. No mesmo instante, ele recuperou a vista e seguia Jesus pelo caminho. 

Esta cura é modelo da ação divina por Jesus na vida do ser humano. A partir do momento em que se manifeste a vontade e perseverança na fé, pode-se passar a enxergar o que antes não se via. A abertura à graça divina possibilita compreender o que antes permanecia obscuro na fé.

Mesmo que as outras pessoas tentassem fazer Bartimeu se calar, ele não desistiu, porque sentia em Jesus algo diferente, uma presença maior, que poderia curá-lo. A pergunta do que Bartimeu queria parece desnecessária, se pensarmos na obviedade do que alguém cego quisesse alcançar de Deus: a visão. Mas Jesus respeita a vontade humana, sem se impor.

O consenso da sociedade daquele tempo é que as limitações físicas, como cegueira, paralisias e outras enfermidades tratavam-se de castigo divino. Por isso, quem se encontrasse em alguma dessas situações era tratado como inferior, devendo manifestar na maneira de se vestir essa condição. Tão logo sentiu que podia se recuperar, Bartimeu lançou fora sua capa e colocou-se de pé.

A coragem perseverante de Bartimeu, querendo ser curado, é estímulo para que o ser humano abandone as “capas” que insiste em carregar na vida, que o impedem de contemplar o amor divino em Jesus.

__________________ 

*Padre Guilherme da Silveira Machado é administrador paroquial na Paróquia de São Sebastião, em Leandro Ferreira.

 


Paróquia Sant'Ana de Itaúna
Diocese de Divinópolis

Praça Dr. Augusto Gonçalves, 344 - Centro
CEP.: 35.680-054 ITAÚNA-MG
Telefone: (37) 3242-3641
WhatsApp: (37) 3242-3641
E-mail: contato@paroquiadesantana.com.br

Expediente Paroquial

Atendimento da Secretaria:
De Segunda-feira a Sexta-feira de 7:30h às 17h30

Atendimento dos Padres:
Quarta-feira e Quinta-feira: 8h30 às 10h | 14h às 16h