Evangelho

(37) 3242-3641


pe guilherme machado

Comentário ao Evangelho do 30o Domingo do Tempo Comum 25/10/2020 (Mt 22,34-40)

feito por Padre Guilherme* 

 

Naquele tempo, 34os fariseus ouviram dizer que Jesus tinha feito calar os saduceus. Então eles se reuniram em grupo, 35e um deles perguntou a Jesus, para experimentá-lo: 36“Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?” 37Jesus respondeu: “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento!’ 38Esse é o maior e o primeiro mandamento. 39O segundo é semelhante a esse: ‘Amarás ao teu próximo como a ti mesmo’. 40Toda a Lei e os profetas dependem desses dois mandamentos”. 

 

O povo de Israel acreditava no que chamavam de “Aliança de Deus com os homens”. Era um acordo de Deus e Seu povo para permanecerem juntos. E, para favorecer essa Aliança, Deus havia entregue ao povo um conjunto de mandamentos, que serviam para guiar o jeito certo de viver. Por isso, as pessoas viviam debatendo qual mandamento seria o mais fundamental. Porque essa norma serviria de guia para todas as demais.

Conforme os rumos que a vida ia tomando, um ou outro mandamento era tido como mais importante. Mas essa não era uma questão decidida. Os mestres da lei e as pessoas interessadas sempre conversavam sobre o assunto.

Os fariseus decidiram aproveitar e levar essa discussão a Jesus para ver se a opinião d’Ele entraria em contradição com o consenso da época. Assim, teriam motivo para denunciá-lo.

Entretanto, Jesus apresentou o mais importante dos mandamentos, que é o de amar a Deus. Os fariseus não puderam discordar disso. Em seguida, Jesus falou de outro mandamento ao qual deu importância igual à do primeiro: amar o próximo como a si mesmo. Foi como se dissesse: Como é possível amar a Deus sem amar a si mesmo e ao semelhante? Os fariseus devotavam muito amor a Deus, mas nem tanto aos semelhantes. Pelo contrário, muitas vezes costumavam perseguir e acusar quem não fosse de seu grupo. Era justamente o que faziam com Jesus.

 

No fim das contas, quem se esforçar por cumprir os dois mandamentos que Jesus apresentou irá cumprir todos os demais preceitos religiosos.

__________________ 

*Padre Guilherme da Silveira Machado é administrador paroquial na Paróquia de São Sebastião, em Leandro Ferreira.

 


Paróquia Sant'Ana de Itaúna
Diocese de Divinópolis

Praça Dr. Augusto Gonçalves, 344 - Centro
CEP.: 35.680-054 ITAÚNA-MG
Telefone: (37) 3242-3641
E-mail: contato@paroquiadesantana.com.br

Expediente Paroquial

Atendimento da Secretaria:
De Segunda-feira a Sexta-feira de 7:30h às 17h30

Atendimento dos Padres:
Quarta-feira e Quinta-feira: 8h30 às 10h | 14h às 16h