A Quaresma é um Tempo Litúrgico que está dentro do grande Ciclo Pascal. Inicia-se com a Quarta-Feira de Cinzas e se prolonga até a Quinta-Feira Santa, na Missa da Santa Ceia (exclusive), ou seja, essa Missa Vespertina já não faz parte da Quaresma, mas sim do Tríduo Pascal.

Eis o que diz a Carta apostólica de Paulo VI, quando aprovou as Normas Universais do Ano Litúrgico e o novo Calendário Romano geral: "O tempo da Quaresma vai de Quarta-feira de Cinzas até a Missa da Ceia do Senhor, exclusive" (n. 28).
A Carta Circular da Congregação para o Culto Divino, "Paschalis Solemnitatis", de 1988, esclarece de forma teológica o Tempo Quaresmal e o Tríduo Pascal: "Na Semana Santa, a Igreja celebra os mistérios da salvação, levados a cumprimento por Cristo nos últimos dias da sua vida, a começar pelo seu ingresso messiânico em Jerusalém. O tempo quaresmal continua até à Quinta-feira Santa. A partir da missa vespertina, “in Cena Domini”, inicia-se o tríduo pascal, que abrange a Sexta-feira Santa “da Paixão do Senhor” e o Sábado Santo, e tem o seu centro na vigília pascal, concluindo-se com as vésperas do domingo da ressurreição".
Mas algumas dúvidas podem surgir. Em muitos lugares, há o costume de se pensar que o fim da Quaresma se dá com o Domingo de Ramos ou com o Sábado Santo, na Vigília Pascal. Na realidade, como se explicou acima, finda-se a Quaresma na Quinta-Feira Santa, antes da Missa da Ceia do Senhor (Lava-Pés). Então, não seriam 44 dias? Bem, tradicionalmente a Quaresma era contada da Quarta-Feira de Cinzas até o Sábado de Aleluia, somando-se 46 dias. Entretanto, excluindo-se os 6 domingos que não são dias com caráter penitencial, tem-se o número de 40 dias.
Quaresma é um termo que vem do Latim: "Quadragesima Dies", ou seja, o quadragésimo dia ANTES da Páscoa, que é a Quarta-Feira de Cinzas (Feria Quarta Cinerum). Deste dia até o Sábado Santo, temos 46 dias, menos os 5 domingos da Quaresma e o Domingo de Ramos, vivemos um tempo de 40 dias com caráter penitencial, conforme explicado acima. Pode parecer repetitivo, mas é importante salientar que os domingos nunca foram caracterizados como dias penitenciais, mas, mesmo assim, não se pode quebrar o ritmo dos jejuns e penitências até a Quinta-Feira Santa à tarde, para que todo este Tempo Litúrgico tenha uma perfeita eficácia na conversão dos corações.

Pe. José Luís Queimado, 24 de Março de 2016 às 08h09. Atualizada em 26 de Abril de 2016 às 09h11. Portal A12

Paróquia Sant'Ana de Itaúna

Praça Dr. Augusto Gonçalves, 344 - Centro
CEP.: 35.680-054 ITAÚNA-MG
Telefone: (37) 3242-3641
E-mail: contato@paroquiadesantana.com.br

Expediente Paroquial

Atendimento da Secretaria:
De Segunda-feira a Sexta-feira de 7:30h às 17h30

Atendimento dos Padres:
De Terça-feira a Quinta-feira: 8h30 às 10h | 14h às 16h